Templo do Ecumenismo Divino

Fonte: Jornal de Brasília, edição de 4 de novembro de 2014, terça-feira | Atualizado em outubro de 2018.

Vem o tempo em que todos compreenderemos a importância da prática de um frutuoso e fraterno inter-relacionamento espiritual, social, religioso, político, científico, filosófico, esportivo etc. É uma questão de estratégia de sobrevivência, que tem na Economia da Solidariedade Espiritual e Humana indispensável alicerce. Insisto nesse caminho desde a década de 1980, quando defendi essa tese na Folha de S. Paulo. É solução compatível com a Humanidade que precisa ter humanidade com ela mesma.

Para sairmos vitoriosos, considero muito útil ouvirmos, em nossas Almas, a Inspiração de Deus ou — para os que ainda não descobriram o Pai Celestial — dar atenção ao bom senso da Paz. Aliás, de forma instintiva, as criaturas sempre procuram como parâmetro uma Experiência Superior.

Visando atender igualmente a esse anseio, fundei em Brasília, no dia 21/10/1989, o Templo da Boa Vontade (TBV). Nas Sagradas Diretrizes Espirituais da Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo (1987), destaquei Quatro Pilares que regem nossas ações: Ecumenismo Irrestrito, Ecumenismo Total, Ecumenismo dos Corações e Ecumenismo Divino.

João Periotto

Apresento hoje a vocês o que fundamenta o TBV na sua expressão de Templo do Ecumenismo Divino. Trata-se do contato socioespiritual entre a criatura e seu Criador. (...) Portanto, falo da universalização do ser humano, que se integra na sua Origem Divina, tornando-se o Ser Humano-Vertical, quer dizer, o Ser Humano-Espiritual, ou mais: o Ser Humano-Espírito. É o fim do império da matéria, pela pura e simples compreensão de que ela não existe (porquanto o próprio átomo é cheio de espaços vagos). Daí eu já ter afirmado que matéria também é Espírito.

Aparecida Liberato

Leilla Tonin

Aparecida Liberato

Em visita ao Conjunto Educacional Boa Vontade, em São Paulo/SP, nossa amiga Aparecida Liberato, numeróloga e escritora, comentou sobre sua visita ao Templo da Paz e seus 25 anos, à época, celebrávamos o Jubileu de Prata da Pirâmide das Almas Benditas, dos Espíritos Luminosos: “Foi dos momentos mais incríveis que passei. Um Templo que tem toda uma história e uma ligação com números. É um lugar que recebe a todos. Lembro-me de que estava fazendo o caminho da Espiral e o quanto consegui retroceder no meu passado e pensar em mim mesma, me destituir de tudo que não era bom para mim. Quando terminei, estava tão leve e inspirada! Meus parabéns para o TBV, para o Paiva Netto e para essa gente maravilhosa que está no mundo inteiro e que comunga nesse valor de fraternidade!”

Faça também a sua peregrinação ao Templo da Boa Vontade! Ele está situado na Quadra 915 Sul, em Brasília/DF, Brasil.

José de Paiva Netto, escritor, jornalista, radialista, compositor e poeta. É diretor-presidente da Legião da Boa Vontade (LBV). Membro efetivo da Associação Brasileira de Imprensa (ABI) e da Associação Brasileira de Imprensa Internacional (ABI-Inter), é filiado à Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj), à International Federation of Journalists (IFJ), ao Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado do Rio de Janeiro, ao Sindicato dos Escritores do Rio de Janeiro, ao Sindicato dos Radialistas do Rio de Janeiro e à União Brasileira de Compositores (UBC). Integra também a Academia de Letras do Brasil Central. É autor de referência internacional na defesa dos direitos humanos e na conceituação da causa da Cidadania e da Espiritualidade Ecumênicas, que, segundo ele, constituem “o berço dos mais generosos valores que nascem da Alma, a morada das emoções e do raciocínio iluminado pela intuição, a ambiência que abrange tudo o que transcende ao campo comum da matéria e provém da sensibilidade humana sublimada, a exemplo da Verdade, da Justiça, da Misericórdia, da Ética, da Honestidade, da Generosidade, do Amor Fraterno. Em suma, a constante matemática que harmoniza a equação da existência espiritual, moral, mental e humana. Ora, sem esse saber de que existimos em dois planos, portanto não unicamente no físico, fica difícil alcançarmos a Sociedade realmente Solidária Altruística Ecumênica, porque continuaremos a ignorar que o conhecimento da Espiritualidade Superior eleva o caráter das criaturas e, por conseguinte, o direciona à construção da Cidadania Planetária”.