Educação, ciência e tecnologia na ONU

Fonte: Jornal A Tribuna Regional, de Santo Ângelo/RS, edição de 17 de maio de 2013.

No dia 16 de maio, ocorreu na sede da ONU, em Nova York, EUA, na aclamada Câmara do Ecosoc, um fórum da sociedade civil e do Conselho Econômico e Social das Nações Unidas com a pauta “Construindo parcerias no campo da educação por meio da ciência, da tecnologia e da inovação”. O debate foi organizado por um comitê formado pela Legião da Boa Vontade, a Associação Mundial de Estagiários e Colaboradores Reformados da ONU e a Fundação Global de Desenvolvimento do Milênio, em suporte à Seção de ONGs do Departamento de Assuntos Socioeconômicos da ONU.

O ato solene de abertura contou com o presidente do Ecosoc, dr. Nestor Osorio. A LBV também fez uma apresentação intitulada “Promovendo desenvolvimento e inclusão social por meio da educação e da tecnologia”.

O fórum teve ainda palestrantes de universidades de vários países e especialistas no uso das tecnologias da informação e comunicação aplicadas nas mais modernas formas de ensino.

Brasileiro dirigirá a OMC

É um grande reconhecimento ao Brasil a escolha do diplomata Roberto Carvalho de Azevêdo, natural de Salvador/BA, para o cargo de diretor-geral da Organização Mundial do Comércio (OMC), a partir do mês de setembro deste ano até 2017. O anúncio formal foi feito na terça-feira (14), em reunião do Conselho Geral da OMC. Desde que foi criado, em 1995, será a primeira vez que um latino-americano presidirá o órgão.

Saudamos também sua digníssima esposa, a embaixadora Maria Nazareth Farani Azevêdo, chefe da Missão Permanente do Brasil nas Nações Unidas e outros organismos internacionais em Genebra, Suíça. Em 2011, tivemos a honra de contar com sua participação no painel temático organizado pela LBV, na Reunião de Alto Nível do Ecosoc, em Genebra.

Campanha Coração Azul

unodc.org

Campanha Coração Azul — contra o tráfico de pessoas

Há alguns anos venho ressaltando em artigos e livros que o abominável tráfico de seres humanos deve ser fortemente combatido. É imensa a preocupação das mães com a segurança dos filhos. Muito oportuna, portanto, a adesão de nosso país à Campanha Coração Azul — Contra o tráfico de pessoas, que o Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (UNODC) lançou em 9 de maio, na sede do Ministério da Justiça, em Brasília/DF.

A Legião da Boa Vontade — coração azul que há mais de seis décadas pulsa pela Solidariedade no mundo — apoia essa ação e convida você a participar da corrente do Bem e compartilhar essa iniciativa.

No livro É Urgente Reeducar!, ao trazer estatísticas de 2000, alarmantes já naquele tempo, comentei:

A Fraternidade é, pois, uma urgente providência a antepor-se ao darwinismo social*, ampliado pela globalização desprovida de caracteres solidários: a sobrevivência, nua e crua, do mais forte — desvio provocado por uma leitura sociológica equivocada da teoria científica evolucionista do ainda tão discutido e famoso naturalista inglês Charles Darwin (1809-1882).

Ora, o ser humano não pode ser reduzido aos ímpetos incontidos de um animal irracional e, dessa forma, classificado segundo impulsos que levam a aberrações. O tráfico de meninas, meninos e mulheres, conforme o dossiê distribuído em diversos idiomas pela Agenzia Fides, do Vaticano, "As Novas Escravaturas do Século 21 — O terrível drama de milhares de mulheres tratadas como ‘mercadoria’ de um comércio muito lucrativo", é trágico exemplo. Por sua importância e extensão, o estudo foi publicado em várias partes, em agosto de 2004. A seguir, uma pequena amostra da gravidade do problema:

Cidade do Vaticano (Agência Fides) — "(...) Nas últimas duas décadas a prostituição e o tráfico de pessoas com fins de exploração sexual têm alcançado magnitudes alarmantes em todo o mundo. Alguns dados nos dão uma ideia da gravidade do problema. (...) As Nações Unidas, em seu relatório de setembro de 2000, calcula em 4 milhões o número de mulheres que são vendidas a cada ano, com um desses fins: prostituição, escravidão ou casamento; e em 2 milhões o número de meninas entre 5 e 15 anos que são inseridas no comércio sexual".

__________________

* Darwinismo social — Escola de pensamento surgida no fim do século 19, cujo postulado básico era a aplicação do modelo biológico da evolução das espécies às sociedades humanas, entendendo que sua dinâmica seria dada pela lei da sobrevivência do mais apto na luta pela vida. De caráter racista, essa hipótese foi abandonada depois da Segunda Guerra Mundial, quando seus enunciados foram desmoralizados, perdendo legitimidade científica. Apesar disso, se observarmos bem o planeta, o darwinismo social continua por aí, disfarçado sob vários apelidos.

José de Paiva Netto, escritor, jornalista, radialista, compositor e poeta. É diretor-presidente da Legião da Boa Vontade (LBV). Membro efetivo da Associação Brasileira de Imprensa (ABI) e da Associação Brasileira de Imprensa Internacional (ABI-Inter), é filiado à Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj), à International Federation of Journalists (IFJ), ao Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado do Rio de Janeiro, ao Sindicato dos Escritores do Rio de Janeiro, ao Sindicato dos Radialistas do Rio de Janeiro e à União Brasileira de Compositores (UBC). Integra também a Academia de Letras do Brasil Central. É autor de referência internacional na defesa dos direitos humanos e na conceituação da causa da Cidadania e da Espiritualidade Ecumênicas, que, segundo ele, constituem "o berço dos mais generosos valores que nascem da Alma, a morada das emoções e do raciocínio iluminado pela intuição, a ambiência que abrange tudo o que transcende ao campo comum da matéria e provém da sensibilidade humana sublimada, a exemplo da Verdade, da Justiça, da Misericórdia, da Ética, da Honestidade, da Generosidade, do Amor Fraterno".