Um dia, cada um aprenderá a governar a si mesmo

Fonte: Livro As Profecias sem Mistério, de 1998 | Atualizado em agosto de 2017.

 

Vivian R. Ferreira

Há, ainda, gente que se perturba ao ouvir falar em Apocalipse. No entanto, ele mostra trechos e mais trechos resplandecentes como se fossem a mais bela poesia, a despeito da mensagem poderosa. Certa ocasião, alguém teria dito que o Livro Profético Divino no Novo Testamento seria a prova do desamor de Deus para com as Suas criaturas. Só podemos concluir que, embora respeitável, o prezado irmão nunca leu seus esclarecedores ensinamentos ou o fez apressadamente. (...) Não basta a cultura material. Por isso, é necessário aliar à instrução comum dos assuntos humanos, por mais elevados que sejam — Literatura, Idiomas, Física, Matemática, Economia, Química, História, Geografia, Arte, Arte Doméstica etc. —, os conhecimentos espirituais que compõem o ensino refinadíssimo, para que nos tornemos melhores uns para com os outros. Por essa razão, pugnamos pelo Desenvolvimento Social e Sustentável, Educação e Cultura, Arte e Esporte, para que haja Consciência Socioambiental, Alimentação, Segurança, Saúde e Trabalho com Espiritualidade Ecumênica para o progresso das gentes, que implantamos nas Instituições da Boa Vontade, as IBVs. É um método que bons frutos tem proporcionado à nossa sociedade.

Arquivo BV

Alziro Zarur

O estudo do Apocalipse — em Espírito e Verdade, à luz do Mandamento Novo do Amor do Cristo: “Amai-vos como Eu vos amei. Somente assim podereis ser reconhecidos como meus discípulos, se tiverdes o mesmo Amor uns pelos outros” (Evangelho, segundo João, 13:34 e 35) é primordial para que saibamos o que realmente estamos fazendo na Terra. Um dia, mesmo que distante, o ser humano estará tão compenetrado no cumprimento primeiro dos seus deveres, antes de tudo espirituais, morais, que a noção de liderança sofrerá profundo amadurecimento, porquanto os homens ajuizadamente se conduzirão a si próprios, pois educar deve ter seu início no coração. Afinal, antigo preceito do saudoso Irmão Alziro Zarur (1914-1979) é o de que “governar é ensinar cada um a governar a si mesmo”.

Reprodução BV

Sócrates

E isso depreende reeducar também os educadores, daí a Cruzada de Reeducação Geral da Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo. Grande parte das escolas não estimula o homem ou a mulher a refletir, a raciocinar. Sócrates (aprox. 470-399 a.C.), na sua reconhecida sapiência, modestamente proclamava que, quanto mais sabia, convencido ficava de que mais precisava aprender. O segredo desse inacreditável sucesso de cada um vir a verdadeiramente entender que é responsável pelos seus atos, deixando de derramar a culpa nos outros, encontra-se no Evangelho-Apocalipse, para quem tem “olhos de ver e ouvidos de ouvir” e que não se sujeita a nenhum preconceito, ainda que sob o disfarce da intelectualidade mais avançada.

José de Paiva Netto, escritor, jornalista, radialista, compositor e poeta. É diretor-presidente da Legião da Boa Vontade (LBV). Membro efetivo da Associação Brasileira de Imprensa (ABI) e da Associação Brasileira de Imprensa Internacional (ABI-Inter), é filiado à Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj), à International Federation of Journalists (IFJ), ao Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado do Rio de Janeiro, ao Sindicato dos Escritores do Rio de Janeiro, ao Sindicato dos Radialistas do Rio de Janeiro e à União Brasileira de Compositores (UBC). Integra também a Academia de Letras do Brasil Central. É autor de referência internacional na defesa dos direitos humanos e na conceituação da causa da Cidadania e da Espiritualidade Ecumênicas, que, segundo ele, constituem "o berço dos mais generosos valores que nascem da Alma, a morada das emoções e do raciocínio iluminado pela intuição, a ambiência que abrange tudo o que transcende ao campo comum da matéria e provém da sensibilidade humana sublimada, a exemplo da Verdade, da Justiça, da Misericórdia, da Ética, da Honestidade, da Generosidade, do Amor Fraterno".