Criatividade Divina

Fonte: Reflexão de Boa Vontade extraída do livro “Jesus e a Cidadania do Espírito”, de outubro de 2019. | Atualizado em julho de 2020.

Costumo dizer que dificuldade promove criatividade. Busquemos, pois, aliar a arte da inovação, concedida por Deus, aos ensinamentos eternos do Santo Evangelho-Apocalipse de Jesus. É aconselhável que, em todos os momentos, os fatos da vida, pessoal ou coletiva, sejam analisados e vividos em Espírito e Verdade, pelo prisma do Novo Mandamento do Cristo Ecumênico, o Excelso Estadista (Boa Nova, segundo João, 13:34 e 35). Dessa maneira, mais aptos estaremos para encontrar — por intermédio de nossa sintonia com o Mundo Espiritual Superior e com base na vivência dos valores universais revelados pelo Supremo Administrador do planeta — soluções práticas a serem revertidas em eloquentes resultados, conforme exijo das minhas competentes equipes de trabalho nas Instituições da Boa Vontade*.

Tela: Mathieu Ignace Van Brée (1773-1839)

Detalhe da obra: Cristo cura um doente.

* * *

Reprodução BV

Robert Herbold

Vale considerar a recomendação de Robert Herbold, que durante oito anos foi o principal executivo de operações da Microsoft: “O problema que acomete muitas equipes criativas é que elas seguem várias coisas e mantém muitas ideias vivas. (...) Um punhado de reuniões faria com que as ideias únicas fossem diminuídas a ideias medianas. Pois o que grupos de pessoas fazem é pegar ideias únicas e tentar adaptá-las para torná-las totalmente aceitáveis para todo o grupo. (...) O que cria a mediocridade. As equipes existem para melhorar os processos. (...)”.

Tomem nota deste pensamento que proferi há décadas: Administrar é chegar antes.

____________________________

* Instituições da Boa Vontade — Formadas pela Legião da Boa Vontade (LBV); pela Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo; pela Fundação José de Paiva Netto; pela Fundação Boa Vontade; e pela Associação Educacional Boa Vontade.

José de Paiva Netto, escritor, jornalista, radialista, compositor e poeta. É diretor-presidente da Legião da Boa Vontade (LBV). Membro efetivo da Associação Brasileira de Imprensa (ABI) e da Associação Brasileira de Imprensa Internacional (ABI-Inter), é filiado à Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj), à International Federation of Journalists (IFJ), ao Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado do Rio de Janeiro, ao Sindicato dos Escritores do Rio de Janeiro, ao Sindicato dos Radialistas do Rio de Janeiro e à União Brasileira de Compositores (UBC). Integra também a Academia de Letras do Brasil Central. É autor de referência internacional na defesa dos direitos humanos e na conceituação da causa da Cidadania e da Espiritualidade Ecumênicas, que, segundo ele, constituem “o berço dos mais generosos valores que nascem da Alma, a morada das emoções e do raciocínio iluminado pela intuição, a ambiência que abrange tudo o que transcende ao campo comum da matéria e provém da sensibilidade humana sublimada, a exemplo da Verdade, da Justiça, da Misericórdia, da Ética, da Honestidade, da Generosidade, do Amor Fraterno. Em suma, a constante matemática que harmoniza a equação da existência espiritual, moral, mental e humana. Ora, sem esse saber de que existimos em dois planos, portanto não unicamente no físico, fica difícil alcançarmos a Sociedade realmente Solidária Altruística Ecumênica, porque continuaremos a ignorar que o conhecimento da Espiritualidade Superior eleva o caráter das criaturas e, por conseguinte, o direciona à construção da Cidadania Planetária”.