Gols pela infância brasileira

Fonte: Jornal de Brasília, edição de 8 de abril de 2014, terça-feira.

Destacadas figuras do futebol no Brasil e no exterior aderiram à campanha "Fiz um gol pela infância brasileira!". Bela camisa traz o autógrafo deles, apoiando essa iniciativa da LBV que, a cada Copa do Mundo, se junta à vibrante torcida nacional pela Seleção Brasileira.

Jogadores autografam camisa da LBV.

Gostaria de transmitir o meu agradecimento a todos eles: Alexandre Pato, Denílson, Fabrício, Luis Fabiano, Osvaldo, Paulo Henrique Ganso, Rodrigo Caio, Rogério Ceni e Wellington — do São Paulo; André Santos, Chicão, Felipe e Leo Moura — do Flamengo; Arouca e Leandro Damião — do Santos; Cássio, Emerson Sheik, Gil e Jadson — do Corinthians; Cicinho — do Sivasspor Kulubu/TUR; Daniel Alves e Neymar — do Barcelona/ESP; Dante — do Bayern de Munique/ALE; David Luiz — do Chelsea/ING; Dedé, Everton Ribeiro e Ricardo Goulart — do Cruzeiro; Dida e Juan — do Internacional; Edenílson — da Udinese/ITA; Fernando Prass, Juninho e Wesley — do Palmeiras; Fred e Walter — do Fluminense; Henrique — do Napoli/ITA; Hulk — do Zenit/RUS; Jô, Marcos Rocha, Réver, Ronaldinho Gaúcho e Victor — do Atlético Mineiro; Léo Gago — do Grêmio; Lucas Piazon — do SBV Vitesse/HOL; Marcos Aurélio — do Jeonbuk Hyundai Motors/COR; Robinho — do Milan/ITA; e Gilberto Silva. Participação especial também de: Altair, lateral nas Copas de 1962 e 1966; Cafu, lateral campeão do mundo em 2002; Carlos Alberto Parreira, coordenador técnico da atual Seleção e treinador canarinho na conquista do Tetra; Dunga, volante capitão do título mundial em 1994 e técnico brasileiro em 2010; Jair Marinho, lateral do Brasil em 1962; Juninho Pernambucano, meia que jogou a Copa do Mundo de 2006; Marcos, goleiro campeão mundial em 2002; Neto, medalha de prata nos Jogos Olímpicos de Seul em 1988 como meio-campista e, agora, comentarista esportivo; Pelé, o Rei do Futebol, atacante tricampeão do mundo; Pepe, atacante em 1958 e 1962 e técnico; Roberto Carlos, lateral da conquista do Penta e, atualmente, técnico; Ronaldo Fenômeno, atacante campeão do mundo em 1994 e 2002; Zico, meia que disputou as Copas de 1982 e 1986, hoje técnico; e Zito, volante nos mundiais de 1958, 1962 e 1966.

Saiba como fazer parte dessa campanha, acessando o site www.lbv.org/doe.

LUIS ERLANGER

Priscilla Antunes

Luis Erlanger

Recentemente, em uma sessão de autógrafos muito concorrida no Rio de Janeiro/RJ, o jornalista Luis Erlanger, diretor de análise e controle de qualidade da programação da TV Globo, lançou seu primeiro romance "Antes que eu morra".

Recebi dele esta dedicatória amiga: "Caro Paiva Netto, espero que goste desta aventura de um estreante. Abraço. LER".

Votos de sucesso e minha fraterna saudação ao autor.

José de Paiva Netto, escritor, jornalista, radialista, compositor e poeta. É diretor-presidente da Legião da Boa Vontade (LBV). Membro efetivo da Associação Brasileira de Imprensa (ABI) e da Associação Brasileira de Imprensa Internacional (ABI-Inter), é filiado à Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj), à International Federation of Journalists (IFJ), ao Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado do Rio de Janeiro, ao Sindicato dos Escritores do Rio de Janeiro, ao Sindicato dos Radialistas do Rio de Janeiro e à União Brasileira de Compositores (UBC). Integra também a Academia de Letras do Brasil Central. É autor de referência internacional na defesa dos direitos humanos e na conceituação da causa da Cidadania e da Espiritualidade Ecumênicas, que, segundo ele, constituem "o berço dos mais generosos valores que nascem da Alma, a morada das emoções e do raciocínio iluminado pela intuição, a ambiência que abrange tudo o que transcende ao campo comum da matéria e provém da sensibilidade humana sublimada, a exemplo da Verdade, da Justiça, da Misericórdia, da Ética, da Honestidade, da Generosidade, do Amor Fraterno".