Mineiros resgatados e altruísmo

Fonte: Jornal A Tribuna Regional, de Santo Ângelo/RS, edição de 16 e 17 de outubro de 2010, sábado e domingo.

Precisamente às 21h55 dessa inesquecível quarta-feira, 13/8, chegou ao fim, sem incidentes, o resgate dos 33 mineiros soterrados há quase 70 dias, numa profundidade de 700 metros, na Mina San José, em Copiapó, norte do Chile. O último a subir à superfície foi o topógrafo Luis Urzúa Iribarren, de 54 anos.

Em 22 de agosto do corrente, a câmera instalada em uma sonda mostrou o drama dos operários confinados desde 5/8, comovendo o mundo e criando uma poderosa corrente de solidariedade. As precárias condições de sobrevivência que eles experimentaram exigiam rapidez e cuidado no planejamento da operação, pois existia o risco de desabamentos. A previsão inicial era de que seriam resgatados próximo do Natal, porém, com o apressamento dos trabalhos – que contou com o apoio de especialistas dos Estados Unidos e do México – o prognóstico das autoridades chilenas foi gradativamente sendo reduzido. De acordo com peritos, pode-se considerar este salvamento como sem precedentes na história da mineração mundial.

O valor da oração

Mário Gomes, de 63 anos, o nono a ser resgatado e o mais velho do grupo, ajoelhou-se e rezou, agradecendo a Deus por ter sido libertado. O gesto foi, posteriormente, seguido por outros sobreviventes. Recordei-me do que costumo afirmar em minhas prédicas no rádio e na TV: Quando se ora, a Alma respira, fertilizando a existência espiritual e humana. Fazer prece é essencial para desanuviar o horizonte do coração.

Reprodução: TV Chilena

A imagem à esquerda da TV chilena registra a chegada do resgatista ao local; ao lado, a cápsula Fênix é testada por técnicos antes do início do resgate.

Trabalho de equipe

A cápsula Fênix que os içou com sucesso foi desenvolvida com a mais avançada tecnologia do Centro de Estudos da Nasa. Com 4 metros de altura e 450 quilos, ela comportava tubos de oxigênio, equipamento de comunicação e um sistema de aferição dos sinais vitais.

Para a subida, por causa do extenso período presos no subsolo e da diferença de temperatura, receberam um macacão especial, luvas, água e os olhos foram protegidos com óculos escuros, a fim de que se acostumassem gradativamente à claridade. É de se louvar o trabalho de equipe, em especial dos socorristas que, ao descerem até onde estavam os mineiros, puseram a vida em risco.

Solidariedade

O que ficou patente nesse drama humano foi a força da solidariedade, do espírito altruístico, que a Legião da Boa Vontade há mais de 60 anos tanto prega e exemplifica. Que os povos não mais necessitem passar por tormentos dessa magnitude para perceber que não se pode abrir mão de uma postura fraterna e ecumênica – que se valorize, acima de tudo, o ser humano e seu Espírito Eterno – na implantação definitiva da tão sonhada sociedade solidária.

E que esse tipo de pesadelo não venha a repetir-se, não apenas no Chile, mas em tantas outras partes do mundo.

José de Paiva Netto, escritor, jornalista, radialista, compositor e poeta. É diretor-presidente da Legião da Boa Vontade (LBV). Membro efetivo da Associação Brasileira de Imprensa (ABI) e da Associação Brasileira de Imprensa Internacional (ABI-Inter), é filiado à Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj), à International Federation of Journalists (IFJ), ao Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado do Rio de Janeiro, ao Sindicato dos Escritores do Rio de Janeiro, ao Sindicato dos Radialistas do Rio de Janeiro e à União Brasileira de Compositores (UBC). Integra também a Academia de Letras do Brasil Central. É autor de referência internacional na defesa dos direitos humanos e na conceituação da causa da Cidadania e da Espiritualidade Ecumênicas, que, segundo ele, constituem "o berço dos mais generosos valores que nascem da Alma, a morada das emoções e do raciocínio iluminado pela intuição, a ambiência que abrange tudo o que transcende ao campo comum da matéria e provém da sensibilidade humana sublimada, a exemplo da Verdade, da Justiça, da Misericórdia, da Ética, da Honestidade, da Generosidade, do Amor Fraterno".