A mais impactante reforma

Artigo publicado no livro Apocalipse sem Medo, do escritor Paiva Netto, lançado pela Editora Elevação.

Reprodução BV

Semmelweis

Reprodução BV

Harvey

A existência dinâmica do Espírito é uma realidade. As comprovações se sucedem na História, para os que, sem tabus, as queiram decifrar. No entanto, é necessária a liberdade mental, isto é, aquela que não teme opiniões preconceituosas dos que se escravizam à convenção, inclusive no campo da Ciência, em que devem preponderar os homens que não admitem barreiras à sua vocação investigativa. Esta é a característica dos grandes gênios da Humanidade. Por isso que enfrentaram a oposição até mesmo de seus pares, como nos casos de Harvey*¹ (1578-1657) e Semmelweis*² (1818-1865).

O dia em que a Ciência, impávida, adentrar o Mundo dos Espíritos, estará realizada a mais impactante reforma desde o surgimento deste planeta.

Jesus, o Cristo Ecumênico, o Divino Estadista, tem muito a ensinar não apenas aos pequeninos, como também aos sábios da Terra, que deverão buscar o exemplo de Nicodemos, para exercitar a humildade do doutor do Sinédrio, que ouviu do Divino Educador: 

Tela: Henry Ossawa Tanner (1859-1937)

Detalhe da obra: Nicodemos visita Jesus.

10 (...) Tu és mestre em Israel e não sabes disso?

11 Em verdade, em verdade te digo que dizemos o que sabemos e testificamos o que vimos, e não aceitais o nosso testemunho.

12 Se vos falei de coisas terrestres, e não crestes, como crereis, se vos falar das celestiais?” (Evangelho, segundo João, 3:10 a 12).

Por mais que saiba o ser humano, nunca será o bastante, porque evoluir é ininterruptamente aprender e amar de acordo com a Lei Divina, até que as criaturas absorvam, como num processo de osmose, a Verdade de um Deus que é Amor e igualmente Justiça, porquanto se terá tornado um com Ele.

Disse Jesus que aquilo que ao homem parece impossível, para Deus não o é” (Evangelho, segundo Mateus, 19:26).

*¹ William Harvey — Em 1628, publicou o resultado de suas pesquisas científicas: Exercícios anatômicos sobre a mobilidade do coração e do sangue. Tornou-se, assim, o primeiro estudioso a comprovar a existência da circulação sanguínea, tese, na época, duramente combatida.

*² Semmelweis — O descobridor da cura para a febre puerperal (referente ao parto) e o eclampse enfrentou enormes barreiras até provar que a falta de higiene dos obstetras, que usavam aventais imundos, era a causa maior da grande incidência de mortes de parturientes.

(Artigo publicado no livro Apocalipse sem Medo, do escritor Paiva Netto, lançado pela Editora Elevação.)

José de Paiva Netto, escritor, jornalista, radialista, compositor e poeta. É diretor-presidente da Legião da Boa Vontade (LBV). Membro efetivo da Associação Brasileira de Imprensa (ABI) e da Associação Brasileira de Imprensa Internacional (ABI-Inter), é filiado à Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj), à International Federation of Journalists (IFJ), ao Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado do Rio de Janeiro, ao Sindicato dos Escritores do Rio de Janeiro, ao Sindicato dos Radialistas do Rio de Janeiro e à União Brasileira de Compositores (UBC). Integra também a Academia de Letras do Brasil Central. É autor de referência internacional na defesa dos direitos humanos e na conceituação da causa da Cidadania e da Espiritualidade Ecumênicas, que, segundo ele, constituem "o berço dos mais generosos valores que nascem da Alma, a morada das emoções e do raciocínio iluminado pela intuição, a ambiência que abrange tudo o que transcende ao campo comum da matéria e provém da sensibilidade humana sublimada, a exemplo da Verdade, da Justiça, da Misericórdia, da Ética, da Honestidade, da Generosidade, do Amor Fraterno".