Antes que seja tarde demais...

Fonte: Reflexão de Boa Vontade extraída do livro Cidadania do Espírito, nos originais.
Arquivo BV

Joseph Alois Schumpeter

O Ecumenismo, como o entendemos, é a globalização sublimada pela Solidariedade. É indispensável, portanto, mundializar o Amor Fraterno e espiritualizar a tecnologia e a economia. Com a palavra, Joseph Alois Schumpeter (1883-1950), em A Teoria do Desenvolvimento Econômico: Um fato nunca é pura ou exclusivamente econômico; sempre existem outros aspectos em geral mais importantes”.

E peço licença a Schumpeter para incluir entre os “outros aspectos em geral mais importantes” os espirituais.

Precisamos entender que a Vida não tem início na Terra, mas no Mundo (ainda) Invisível aos olhos humanos. Cumpre, então, incluir nessas considerações a famosa assertiva de Hamlet: “Há no Céu e na Terra, Horácio, bem mais coisas do que sonhou jamais vossa filosofia”.

Divulgação

William Shakespeare

São falas iguais a essa que justificam, há séculos, o renome do bardo inglês Shakespeare (1564-1616). Por falar no autor de Romeu e Julieta, 2016 foi o ano do quadricentenário de sua morte. Aliás, uma curiosidade: Shakespeare teria nascido num 23 de abril (de 1564) e falecido em outro, só que de 1616.

Ora, antes de carne, somos Espírito, consequentemente, Cidadãos Espirituais, o que nos convoca a estudar, para compreender, as Leis que governam a esplêndida Sociedade que gravita nas esferas invisíveis, que se situam bem acima de nossas cabeças.

Que nós, Humanidade, alcancemos a compreensão disso tudo antes que seja tarde demais! Aquilo que não aprendemos pelo esforço do Amor pode vir a nos atropelar com a rigidez da Mestra Dor.

José de Paiva Netto, escritor, jornalista, radialista, compositor e poeta. É diretor-presidente da Legião da Boa Vontade (LBV). Membro efetivo da Associação Brasileira de Imprensa (ABI) e da Associação Brasileira de Imprensa Internacional (ABI-Inter), é filiado à Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj), à International Federation of Journalists (IFJ), ao Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado do Rio de Janeiro, ao Sindicato dos Escritores do Rio de Janeiro, ao Sindicato dos Radialistas do Rio de Janeiro e à União Brasileira de Compositores (UBC). Integra também a Academia de Letras do Brasil Central. É autor de referência internacional na defesa dos direitos humanos e na conceituação da causa da Cidadania e da Espiritualidade Ecumênicas, que, segundo ele, constituem "o berço dos mais generosos valores que nascem da Alma, a morada das emoções e do raciocínio iluminado pela intuição, a ambiência que abrange tudo o que transcende ao campo comum da matéria e provém da sensibilidade humana sublimada, a exemplo da Verdade, da Justiça, da Misericórdia, da Ética, da Honestidade, da Generosidade, do Amor Fraterno".

Newsletter