Lya Luft

Fonte: Jornal A Tribuna Regional, de Santo Ângelo/RS, edição de 22 e 23 de maio de 2010, sábado e domingo.

A renomada escritora gaúcha Lya Luft publicou, no decurso de 30 anos de sua bem-sucedida trajetória literária, duas dezenas de títulos. Mas não para por aí. No dia 13 de maio, na capital paulista, ela lançou mais uma obra de arte: Múltipla escolha. A Super Rede Boa Vontade de Comunicação (rádio, TV e internet) prestigiou o evento e no Portal Boa Vontade trouxe detalhes do encontro: “Dividido em quatro capítulos, o livro analisa situações do cotidiano, apresentando dicas para o leitor refletir intensamente sobre as escolhas que toma ao longo da vida e, principalmente, sobre os enganos. Na concorrida noite de autógrafos, a autora dedicou um exemplar ao diretor-presidente da Legião da Boa Vontade (LBV), com a mensagem: ‘Ao Paiva Netto, abraço amigo e admiração da Lya Luft’”.

Lucian Fagundes

Lya Luft

Grato, Lya Luft. Sempre admirei sua capacidade de transpor para o papel, com as tintas de seu talento, as mais variadas experiências experimentadas nas relações humanas.

Ao navegar pela internet, nas madrugadas prazerosas de reflexão e trabalho, deparei-me com texto de sua autoria que, se me permitir, brindarei meus leitores: “(...) Mudanças fazem milagres por nossos olhos, e é no olhar que se percebe a tal juventude eterna. Um olhar opaco pode ser puxado e repuxado por um cirurgião a ponto de as rugas sumirem, só que continuará opaco porque não existe plástica que resgate seu brilho. Quem dá brilho ao olhar é a vida que a gente optou por levar. Olhe-se no espelho...”.

É como costumo dizer: O que esculpe a nossa Alma são as ações que praticamos. Somos aquilo que pensamos e fazemos.

Mutirão social

O mês de maio é especial para a LBV no Rio Grande do Sul. Em Porto Alegre, a Instituição estará celebrando, na próxima quarta-feira, 26/5, a partir das 14 horas, 55 anos de profícua atuação no Estado. Já o Lar e Parque Alziro Zarur, em Glorinha/RS, comemorará, em 28/5, também às 14 horas, bodas de ouro no atendimento à comunidade local. Na cidade de Pelotas/RS, a LBV festeja igualmente 55 anos ao lado do povo, no dia 31/5, no mesmo horário. Esses eventos integram as comemorações dos 60 anos da LBV e reservam ao público diversas atividades, a exemplo da exposição de fotos que destaca os programas socioeducacionais realizados pela Obra nas referidas localidades. Na capital gaúcha ocorre, ainda, o grande Mutirão Social e de Cidadania da LBV, com corte de cabelo, orientação psicológica e jurídica, manicure, orientações sobre saúde bucal (escovação e aplicação de flúor), verificação de glicose e pressão arterial, além de brincadeiras para as crianças.

Saiba como participar dessa festa que você, com a sua doação, ajuda a realizar. Outras informações, ligue: (51) 3325-7000.

José de Paiva Netto, escritor, jornalista, radialista, compositor e poeta. É diretor-presidente da Legião da Boa Vontade (LBV). Membro efetivo da Associação Brasileira de Imprensa (ABI) e da Associação Brasileira de Imprensa Internacional (ABI-Inter), é filiado à Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj), à International Federation of Journalists (IFJ), ao Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado do Rio de Janeiro, ao Sindicato dos Escritores do Rio de Janeiro, ao Sindicato dos Radialistas do Rio de Janeiro e à União Brasileira de Compositores (UBC). Integra também a Academia de Letras do Brasil Central. É autor de referência internacional na defesa dos direitos humanos e na conceituação da causa da Cidadania e da Espiritualidade Ecumênicas, que, segundo ele, constituem “o berço dos mais generosos valores que nascem da Alma, a morada das emoções e do raciocínio iluminado pela intuição, a ambiência que abrange tudo o que transcende ao campo comum da matéria e provém da sensibilidade humana sublimada, a exemplo da Verdade, da Justiça, da Misericórdia, da Ética, da Honestidade, da Generosidade, do Amor Fraterno. Em suma, a constante matemática que harmoniza a equação da existência espiritual, moral, mental e humana. Ora, sem esse saber de que existimos em dois planos, portanto não unicamente no físico, fica difícil alcançarmos a Sociedade realmente Solidária Altruística Ecumênica, porque continuaremos a ignorar que o conhecimento da Espiritualidade Superior eleva o caráter das criaturas e, por conseguinte, o direciona à construção da Cidadania Planetária”.