Ação abrangente

Fonte: Revista JESUS ESTÁ CHEGANDO! Edição 129, de junho de 2017.

Nestes tempos finais de um gravíssimo ciclo apocalíptico, vanguardeiramente abrindo uma era nova para a Humanidade exausta de sectarismos estéreis, aprisionadores das Almas que Deus criou libertas, venho falar-lhes sobre a ação de um monumento que inspira a plena convivência entre o Plano Espiritual, de onde tudo se origina, e o Plano Material: o Templo da Boa Vontade, a Pirâmide das Almas Benditas, a Pirâmide dos Espíritos Luminosos. Ele não se limita ao restrito campo das criaturas humanas, pois sendo destas estreita a visão, fatalmente restrita será toda e qualquer ação resultante do seu reduzido conhecimento.

João Periotto

Daí a admoestação de Jesus, no Seu Evangelho, segundo Mateus, 6:22 e 23:

A luz e as trevas

22 São os olhos a lâmpada do corpo. Se os teus olhos forem bons, todo o teu corpo será luminoso;

23 se, porém, os teus olhos forem maus, todo o teu corpo estará em trevas. Portanto, caso a luz que em ti há sejam trevas, que grandes trevas serão!

Revolução Mundial dos Espíritos de Luz

Está, portanto, em marcha a Revolução Mundial dos Espíritos de Luz*, a Revolução dos olhos divinamente iluminados pelo Evangelho-Apocalipse do Cristo, corajosamente anunciada pelo Proclamador da Religião Divina, em dezembro de 1953.

Antes provai se são de Deus

Geralmente quando se fala em Espírito, algumas mentes, que por pouco tempo obscurecem ainda determinados setores das diversas crenças do mundo, gritam arrepiadas: “Espírito! Coisa de satanás! Vade retro!” Então, como explicar o surgimento das religiões, pois se elas, salvo raras exceções, se originaram justamente de manifestações espirituais?!

Reprodução BV

Cardeal Bona

No século 17, o Cardeal Bona (1609-1674), conhecido como o Fenelon da Itália, com muita propriedade assim se manifestou: “Motivo de estranheza é que se pudessem encontrar homens de bom senso que tenham ousado negar em absoluto as aparições e comunicações das almas com os vivos, ou atribuí-las a extravio da imaginação, ou, ainda, a artifícios dos demônios”.

Espíritos existem e sempre existirão. Que somos senão Espíritos sob a vestimenta da carne?! O que nos compete é discernir se a Entidade Espiritual é evoluída ou se permanece atrasada, como nos aconselha o Apóstolo João, na sua Primeira Epístola, 4:1: “Amados, não deis crédito a qualquer Espírito, antes provai se são de Deus, porque já muitos falsos profetas se têm levantado no mundo (...)”.

Um Templo aberto a terrestres, extraterrestres e Espíritos

Há muito tenho explicado que o Templo da Boa Vontade (TBV) surge para cumprir uma especial finalidade no mundo. Abrigando o Conselho Deliberativo Mundial da Boa Vontade (um dos departamentos do ParlaMundi da LBV), ele é destacado também como o Templo do Ecumenismo Divino, não somente porque suas portas estão abertas a todos os seres de Boa Vontade, mas porque propõe a conciliação universal de todo o patrimônio espiritual, humano, moral, cultural, numa poderosa força a serviço dos povos terrestres, de outros orbes celestes e do Mundo Espiritual Invisível.

Cizânia, radicalismo, hostilidades de todos os matizes devem permanecer afastados dos debates e das proposições religiosas, filosóficas, políticas, científicas, econômicas, esportivas, o que mais o seja, pois o ser humano nasce na Terra para viver em sociedade, Sociedade Solidária.

O objetivo do Conselho Deliberativo Mundial da Boa Vontade é agregar o conhecimento vigente nos mundos físicos com o saber infinitamente amplo situado na dimensão do Espírito Eterno; unir as criaturas às civilizações que existem no Mundo Espiritual, ainda invisíveis aos nossos pobres e restritíssimos cinco sentidos materiais.

___________________
* Revolução Mundial dos Espíritos de Luz — Anunciada em 1953 pelo saudoso Proclamador da Religião Divina, Alziro Zarur (1914-1979), abrange um amplo movimento de caráter ecumênico total que promove o intercâmbio consciente entre as Duas Humanidades, a da Terra e a do Céu da Terra. A iniciativa ganhou corpo a partir da década de 1980, quando o escritor Paiva Netto acrescentou ao título a expressão “de Luz”. Em 6 de janeiro de 1992, dando início às reuniões práticas do Centro Espiritual Universalista (CEU), Paiva Netto deu maior desenvoltura a essa Divina Revolução, criando o primeiro grupo de Mediunidade Direta da Religião do Terceiro Milênio.

José de Paiva Netto, escritor, jornalista, radialista, compositor e poeta. É diretor-presidente da Legião da Boa Vontade (LBV). Membro efetivo da Associação Brasileira de Imprensa (ABI) e da Associação Brasileira de Imprensa Internacional (ABI-Inter), é filiado à Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj), à International Federation of Journalists (IFJ), ao Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado do Rio de Janeiro, ao Sindicato dos Escritores do Rio de Janeiro, ao Sindicato dos Radialistas do Rio de Janeiro e à União Brasileira de Compositores (UBC). Integra também a Academia de Letras do Brasil Central. É autor de referência internacional na defesa dos direitos humanos e na conceituação da causa da Cidadania e da Espiritualidade Ecumênicas, que, segundo ele, constituem "o berço dos mais generosos valores que nascem da Alma, a morada das emoções e do raciocínio iluminado pela intuição, a ambiência que abrange tudo o que transcende ao campo comum da matéria e provém da sensibilidade humana sublimada, a exemplo da Verdade, da Justiça, da Misericórdia, da Ética, da Honestidade, da Generosidade, do Amor Fraterno".