Somos todos Profetas

Fonte: Reflexão de Boa Vontade extraída do livro Somos todos Profetas, de 1999 | Atualizada em julho de 2017.

Não se pode brincar com os dons espirituais cujos fundamentos estão na Bíblia. Somos profetas. Quem quiser desenvolvê-los leia o Livro Sagrado, mas em Espírito e Verdade, à Luz do Novo Mandamento do Cristo — “Amai-vos como Eu vos amei. Somente assim podereis ser reconhecidos como meus discípulos, se tiverdes o mesmo Amor uns pelos outros.” (Evangelho, segundo João, 13: 34 e 35) —, de modo a reformar-se e usar devidamente os carismas que são do Espírito. Muito a propósito, neste ponto, cabe lembrar que tais poderes são intrínsecos ao ser humano, tanto que as religiões no planeta geralmente nascem dos chamados fenômenos sobrenaturais, apesar de todo o pensamento retrocessivo que se tem levantado contra a sua existência.

Tela: Sátyro Marques

Título da obra: O segundo flagelo.

É necessária a integração no Dia do Senhor, versículo 10 do capítulo primeiro do Apocalipse: “Achei-me em Espírito, no Dia do Senhor (...)”.

Ele singulariza o estado psíquico-espiritual de conformidade com o Espaço-Tempo de Deus. Então, nós mesmos seremos Espaço-Tempo Divinos, a própria Profecia que é Deus em nós, o Testemunho de Jesus, como está grafado no Apocalipse, 19:10: “(...) o testemunho de Jesus, o Cristo, é o espírito de profecia”.

shutterstock

O Mundo Invisível é invisível, mas existe.

Tela: Philippe de Champaigne (1602-1674)

Moisés

No livro Êxodo, de Moisés, 15:11, podemos ler: “Quem é semelhante a Ti, ó Senhor, entre os deuses!” (Espíritos muito evoluídos).

Ora, o mundo (ainda) invisível é uma realidade. Nele se encontram Jesus e Sua Divina Corte, com os quais devemos confraternizar para de lá trazermos os ensinamentos que precisamos para sobreviver. Esse é, por sinal, o magno propósito da Religião do Terceiro Milênio, antecipada no Templo da Boa Vontade, o Templo do Ecumenismo Divino, em Brasília, Brasil, cuja abrangente tarefa* visa permear o mundo material-religioso com o mundo espiritual-religioso, o mundo material-político com o mundo espiritual-político, o mundo material-científico com o mundo espiritual-científico, o mundo material-filosófico com o mundo espiritual-filosófico, o mundo material-artístico com o mundo espiritual-artístico, o mundo material-esportivo com o mundo espiritual-esportivo, e assim por diante.

Quero destacar que este relacionamento que estamos propondo entre o plano visível e o (ainda) invisível deve ser feito com o Mundo Espiritual Superior, e não com as regiões infernais, umbralinas, evidentemente.

Quais, por exemplo, as consequências de um político realmente saber que a vida continua após a morte do corpo físico? E, ainda mais, reconhecer que existem, no Espaço Superior, políticos capacitados a inspirar-lhe grandes decisões, sem lhe tolher o livre-arbítrio, pois o relacionamento será consciente? E, da mesma forma, para os religiosos, os filósofos, os cientistas, os economistas, os artistas, os esportistas etc. 

Nota dos editores

* Abrangência do TBV, Templo da Boa Vontade — Vide página 277 do 2o volume das Sagradas Diretrizes Espirituais da Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo, de Paiva Netto.

José de Paiva Netto, escritor, jornalista, radialista, compositor e poeta. É diretor-presidente da Legião da Boa Vontade (LBV). Membro efetivo da Associação Brasileira de Imprensa (ABI) e da Associação Brasileira de Imprensa Internacional (ABI-Inter), é filiado à Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj), à International Federation of Journalists (IFJ), ao Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado do Rio de Janeiro, ao Sindicato dos Escritores do Rio de Janeiro, ao Sindicato dos Radialistas do Rio de Janeiro e à União Brasileira de Compositores (UBC). Integra também a Academia de Letras do Brasil Central. É autor de referência internacional na defesa dos direitos humanos e na conceituação da causa da Cidadania e da Espiritualidade Ecumênicas, que, segundo ele, constituem "o berço dos mais generosos valores que nascem da Alma, a morada das emoções e do raciocínio iluminado pela intuição, a ambiência que abrange tudo o que transcende ao campo comum da matéria e provém da sensibilidade humana sublimada, a exemplo da Verdade, da Justiça, da Misericórdia, da Ética, da Honestidade, da Generosidade, do Amor Fraterno".

Newsletter