O Político Divino

Fonte: Reflexão de Boa Vontade extraída do livro Jesus, a Dor e a origem de Sua Autoridade, de novembro de 2014.

Na qualidade de Cristo Estadista, Político Divino, Governante Supremo deste planeta, Jesus inspira, por processos espirituais que já andamos palidamente avaliando, a Humanidade toda, porque entregou em sacrifício a Sua vida por ela. O Mestre espera de nós, com Autoridade primorosa, que, com pertinácia, sigamos as Suas palavras e os Seus exemplos.

Tela: James Tissot (1836-1902)

Título da obra: Jerusalém, Jerusalém.

Arquivo BV

Benjamin Disraeli

Arquivo BV

Rainha Vitória

“O segredo do êxito é a constância de propósito.” Lição do brilhante escritor e político britânico de ascendência judaica Benjamin Disraeli (1804-1881), destacado primeiro-ministro da rainha Vitória (1819-1901), chefe da Igreja Anglicana*1.

 

A verdadeira valentia

Arquivo BV

José Bonifácio

Quanto a essa questão de êxito, é preciso saber se ele visa ao Bem ou ao mal. Não basta apenas perseguir o sucesso. O ser humano sábio corre atrás do que é benéfico, do que é espiritualmente produtivo. Não foi sem razão que José Bonifácio de Andrada e Silva (1763-1838), patriarca da Independência do Brasil, afirmou: “A virtude e a verdadeira honra deviam governar o mundo”.

Arquivo BV

Alziro Zarur

Há décadas, acreditamos, na Religião do Amor Universal, que valentia é assumir um compromisso com o Bem e levá-lo honrosamente até o fim. E isso me faz recordar antológica revelação do velho Alziro Zarur (1914-1979), que sabia o que falava: A Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo é um compromisso que não cessa nem com a morte”.

Padrão Celeste do Cristo

Em 21 de outubro de 1989, inaugurei em Brasília/DF, Brasil, o Templo da Boa Vontade, o Templo do Ecumenismo Divino. Naquele dia, ao ser entrevistado por uma emissora de televisão, afirmei que o TBV é um lugar onde todas as pessoas, que tiverem necessidade de um agasalho para o sentimento, poderão chegar e ser bem recebidas. Inspirado por esse nobre propósito solidário e universalista, dois meses depois, realizei, naquele solo sagrado, a 30 de dezembro de 1989, a Proclamação do Cristo Estadista*2. Durante a cerimônia, li e comentei página por mim redigida, no início da década de 1980, para a centenária Gazeta de Notícias, do Rio de Janeiro/RJ, referente à Política de Deus, intitulada “Trabalho honesto, hierarquia e competência”. Por oportuno, apresento-a aqui, acrescida de alguns apontamentos:

Vivian R. Ferreira

Templo da Boa Vontade   

(Antes, porém, para consolidarem em suas mentes este pensamento, não se esqueçam de que o Templo da Boa Vontade é o agasalho para o sentimento):

A hierarquia que prevalece, apesar de aspectos contrários de gente que se julga muito esperta, é aquela sustentada no comportamento ético (honestidade) e na competência. Não somos palmatória do mundo, mas existe um fator básico chamado Moral do Cristo, que tem de ser fielmente seguido. Esse ponto de vista faz com que aqueles que procuram a Religião do Terceiro Milênio e nela permanecem se esforcem por vivê-la conforme o puro idealismo de que é constituída. Quem não carrega um bom propósito no coração desventuradamente não passa de morto-vivo, consoante denunciado pelo Apocalipse, 3:1, na Carta à Igreja em Sardes: “(...) Conheço as tuas obras: tens a reputação de que estás vivo; entretanto, estás morto”.

__________________

*1 Igreja Anglicana — Também conhecida como Igreja da Inglaterra ou Anglicanismo, é a religião cristã oficial desse país.

*2 Proclamação do Cristo Estadista — Leia a íntegra dessa importante Proclamação no segundo volume das Sagradas Diretrizes Espirituais da Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo, na p. 31.

José de Paiva Netto, escritor, jornalista, radialista, compositor e poeta. É diretor-presidente da Legião da Boa Vontade (LBV). Membro efetivo da Associação Brasileira de Imprensa (ABI) e da Associação Brasileira de Imprensa Internacional (ABI-Inter), é filiado à Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj), à International Federation of Journalists (IFJ), ao Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado do Rio de Janeiro, ao Sindicato dos Escritores do Rio de Janeiro, ao Sindicato dos Radialistas do Rio de Janeiro e à União Brasileira de Compositores (UBC). Integra também a Academia de Letras do Brasil Central. É autor de referência internacional na defesa dos direitos humanos e na conceituação da causa da Cidadania e da Espiritualidade Ecumênicas, que, segundo ele, constituem "o berço dos mais generosos valores que nascem da Alma, a morada das emoções e do raciocínio iluminado pela intuição, a ambiência que abrange tudo o que transcende ao campo comum da matéria e provém da sensibilidade humana sublimada, a exemplo da Verdade, da Justiça, da Misericórdia, da Ética, da Honestidade, da Generosidade, do Amor Fraterno".