Aos Pés de Jesus

Fonte: Reflexão de Boa Vontade extraída do ensaio literário “Jesus, o Libertador Divino”, de dezembro de 2007. | Atualizada em setembro de 2021.

Essa prece, que completa 20 anos, foi proferida pelo Irmão Paiva Netto em Arnoso, Portugal, em 10/9/2001, segunda-feira. Logo após o jantar, o Irmão Paiva pediu licença à equipe que estava presente no momento, pois ele sentiu necessidade de orar e escreveu essa emocionante prece. Depois, telefonou para os Irmãos Legionários que estavam no escritório da LBV de Nova York/EUA e fez a oração com eles, adentrando o dia 11 de setembro daquele ano, que marcaria o mundo com a tragédia da queda das Torres Gêmeas. Dedicamo-la, portanto, a todos os que perderam suas vidas naquele dia, seus familiares, e a todas as vítimas da violência das guerras que assolam nosso planeta. 

Os editores

Jesus, sois a misericórdia de todos os que padecem, Providência dos sofredores e aflitos. Ó Sublime Educador, Mestre da Serenidade Infinita, Alma Celestial, espelho de toda a Generosidade, Potência Divina de nossa crença e de nossa Fé, em Quem permanentemente depositamos a confiança! Nós Vos amamos, Divino Senhor!

Jesus, sois o Maior e o Melhor dos Amigos, o Decifrador de todos os mistérios e das equações do Universo Infinito.

Ó Senhor! Conduzi-nos, por Vossas Seguras Mãos, pelos iluminados caminhos que só Vós conheceis, rumo ao destino que erguestes para nós, humildes servos, consoante o merecimento de cada um, pois sois o Realizador das Determinações Corretíssimas da Justiça que promana de Deus, nosso Pai.

Em Vós confiamos sempre, Companheiro Fiel dos que, neste e no Outro Mundo, lutam sem cessar pela concretização do Vosso Reino, conforme anunciastes em Amor, Espírito, Justiça e Vida.

Sabemos que — de acordo com as Vossas Palavras, no Evangelho e no Apocalipse — apenas aguardais de nós a pertinácia na Fé e o inderrotável esforço no trabalho.

Quem em Vós realmente crê não perde o próprio tempo.

Fidelissimamente, em Vós confiamos.

Humildemente, ajoelhados, elevamos aos Vossos Pés esta promessa em forma de oração.

Recebei, Senhor Jesus, a nossa comovida súplica.

Vosso aprendiz e servidor,

Paiva Netto

Arnoso, Portugal, 10/9/2001 — Segunda-feira

José de Paiva Netto, escritor, jornalista, radialista, compositor e poeta. É diretor-presidente da Legião da Boa Vontade (LBV). Membro efetivo da Associação Brasileira de Imprensa (ABI) e da Associação Brasileira de Imprensa Internacional (ABI-Inter), é filiado à Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj), à International Federation of Journalists (IFJ), ao Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado do Rio de Janeiro, ao Sindicato dos Escritores do Rio de Janeiro, ao Sindicato dos Radialistas do Rio de Janeiro e à União Brasileira de Compositores (UBC). Integra também a Academia de Letras do Brasil Central. É autor de referência internacional na defesa dos direitos humanos e na conceituação da causa da Cidadania e da Espiritualidade Ecumênicas, que, segundo ele, constituem “o berço dos mais generosos valores que nascem da Alma, a morada das emoções e do raciocínio iluminado pela intuição, a ambiência que abrange tudo o que transcende ao campo comum da matéria e provém da sensibilidade humana sublimada, a exemplo da Verdade, da Justiça, da Misericórdia, da Ética, da Honestidade, da Generosidade, do Amor Fraterno. Em suma, a constante matemática que harmoniza a equação da existência espiritual, moral, mental e humana. Ora, sem esse saber de que existimos em dois planos, portanto não unicamente no físico, fica difícil alcançarmos a Sociedade realmente Solidária Altruística Ecumênica, porque continuaremos a ignorar que o conhecimento da Espiritualidade Superior eleva o caráter das criaturas e, por conseguinte, o direciona à construção da Cidadania Planetária”.