Educação e humanidade

Fonte: Jornal A Tribuna Regional, de Santo Ângelo/RS, edição de 8 de fevereiro de 2013, sexta-feira.

Começou com entusiasmo o ano letivo de 2013 nas escolas da LBV. Direciono especial atenção a essa frente de trabalho da Legião da Boa Vontade empenhada em contribuir para uma melhor qualificação material, moral e espiritual de crianças, jovens e adultos.

Para o início das atividades, milhares de kits de material escolar e pedagógico, da Campanha "Criança Nota 10 — Sem Educação não há Futuro!", estão sendo entregues às gurias e guris atendidos pela LBV no país.

Arquivo BV

A aluna Vitória Alves dos Santos fala com a repórter Mariana Rodrigues, da Boa Vontade TV, sobre a sua alegria de receber o kit pedagógico e de estudar na LBV.

Aula de convivência

A aluna Vitória Alves dos Santos, de 9 anos, ao expressar sua felicidade em receber o kit e por estudar na Instituição, falou à Boa Vontade TV (Oi TV — Canal 212 — e Net Brasil/Claro TV — Canais 196 e 696): "Quando entrei aqui, pensei que estava sonhando. Aí, quando soube que era verdade, verdade verdadeira, pulei de alegria. Ao chegar em casa, cantei, chorei e tudo mais. Ah, estou tão feliz de estar nesta escola! (...) Aqui é muito bom para todas as crianças do mundo, porque a educação é boa. Com essa educação, quando crescermos, vamos ser respeitados e vamos respeitar as pessoas. Eu aprendo muitas coisas: inglês, espanhol, libras, dança, cultura ecumênica, convivência. Convivência: o que quer dizer? Conviver uns com os outros. Isso faz muita diferença para o crescimento e o desenvolvimento das crianças. E, se a gente crescer assim com respeito e tudo mais, com as outras pessoas, o mundo não vai ter sujeira. Só vai ter beleza. O respeito vai ser uma das coisas principais na sociedade".

"Uma escola que respira"

Recebi uma simpática publicação, o jornal mural "Resumo da Semana", do Conjunto Educacional Boa Vontade, em São Paulo/SP, e desejo aqui compartilhar com vocês alguns trechos. Descreve um pouco o que vimos desenvolvendo nessa área e do sentido de humanidade que existe nesse — podemos dizer — mutirão permanente em prol do crescimento do Brasil:

"A base e o diferencial da nossa escola, assim como da rede de ensino da LBV, são a Pedagogia do Afeto e a Pedagogia do Cidadão Ecumênico, que compõem a linha pedagógica criada pela LBV. Essa linha educacional propõe um ensino que alie qualidade pedagógica à Espiritualidade Ecumênica, visando à formação de cidadãos mais fraternos, o que não significa dizer desprovidos de senso crítico ou despreparados para enfrentar um mundo repleto de riscos e reveses, conforme postula o seu propositor.

"O sucesso dessa prática pedagógica é observado no grande número de alunos da LBV que, pelos bons resultados obtidos no Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) e em vestibulares, dão continuidade à carreira acadêmica. Para que se tenha ideia do que isso significa, mais de 75% dos estudantes que concluíram o ensino médio no Instituto de Educação José de Paiva Netto em 2012 cursarão uma faculdade já em 2013. (...)

"No Conjunto Educacional Boa Vontade, onde livros, tintas; cadernos, tijolos, azulejos, cimento; alunos, um batalhão de profissionais se desdobram para deixar a escola ‘brilhando’ para o início do ano letivo. O nosso informe mostra um pouco do que aconteceu por aqui nesse período de férias. (...)

"Agora, imagine a reforma sem o trabalho zeloso da dedicada equipe da limpeza. Impossível, não é?! Por isso, nossa homenagem a esses trabalhadores que deixaram a escola ‘aquele luxo’ para receber cerca 1.500 alunos (Educação infantil, ensino fundamental e médio e Educação de Jovens e Adultos — EJA) que desfrutarão de uma educação de qualidade, assim como de toda a estrutura oferecida pela LBV."

Aos estudantes e a toda a equipe que integra a nossa rede de ensino, meus votos de sucesso na experiência e no aprendizado que conquistarão em 2013.

José de Paiva Netto, escritor, jornalista, radialista, compositor e poeta. É diretor-presidente da Legião da Boa Vontade (LBV). Membro efetivo da Associação Brasileira de Imprensa (ABI) e da Associação Brasileira de Imprensa Internacional (ABI-Inter), é filiado à Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj), à International Federation of Journalists (IFJ), ao Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado do Rio de Janeiro, ao Sindicato dos Escritores do Rio de Janeiro, ao Sindicato dos Radialistas do Rio de Janeiro e à União Brasileira de Compositores (UBC). Integra também a Academia de Letras do Brasil Central. É autor de referência internacional na defesa dos direitos humanos e na conceituação da causa da Cidadania e da Espiritualidade Ecumênicas, que, segundo ele, constituem “o berço dos mais generosos valores que nascem da Alma, a morada das emoções e do raciocínio iluminado pela intuição, a ambiência que abrange tudo o que transcende ao campo comum da matéria e provém da sensibilidade humana sublimada, a exemplo da Verdade, da Justiça, da Misericórdia, da Ética, da Honestidade, da Generosidade, do Amor Fraterno. Em suma, a constante matemática que harmoniza a equação da existência espiritual, moral, mental e humana. Ora, sem esse saber de que existimos em dois planos, portanto não unicamente no físico, fica difícil alcançarmos a Sociedade realmente Solidária Altruística Ecumênica, porque continuaremos a ignorar que o conhecimento da Espiritualidade Superior eleva o caráter das criaturas e, por conseguinte, o direciona à construção da Cidadania Planetária”.