Em defesa da sociedade

Fonte: Jornal A Tribuna Regional, de Santo Ângelo/RS, edição de 12 e 13 de novembro de 2011, sábado e domingo.
Ilustração: William Luz

Álcool e direção não combinam

Conduzir veículo embriagado, ainda que não cause acidente, já é considerado crime, conforme recente decisão por unanimidade da Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF).

Consoante o artigo 306 do Código de Trânsito Brasileiro, quem dirigir com concentração de álcool por litro de sangue igual ou superior ao permitido pode ter pena de seis meses a três anos de prisão, multa e suspensão da habilitação.

Na quarta-feira, 9/11, a Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado aprovou, em decisão terminativa, tolerância zero ao álcool no volante. A medida, se não for alvo de recurso para votação pelo Plenário do Senado, seguirá para a Câmara dos Deputados.

shutterstock

Trata-se de medidas valiosas em defesa da sociedade, pois qualquer viatura, na mão de um irresponsável, torna-se uma arma. É evidente que, para se alcançar os melhores resultados, necessário se faz eficientemente conscientizar a população quanto ao imenso perigo que a bebida representa a motoristas, passageiros e pedestres. As diversas campanhas que mostram os danos que o fumo provoca à saúde são exemplo a ser seguido.

Manual de Redação CBN

Priscilla Antunes
os jornalistas Álvaro Oliveira Filho, Mariza Tavares e Júlio Lubianco.

Ocorreu na terça-feira, 8/11, na capital fluminense, o lançamento do livro Manual de Redação CBN, de autoria da jornalista Mariza Tavares, diretora-executiva nacional de Jornalismo da Rádio CBN (Central Brasileira de Notícias). O evento comemorou os 20 anos da emissora, completados em 1o de outubro.

Entre outros assuntos, a obra dedica dois capítulos para interatividade, mídias sociais e edição para sites, incluindo a avaliação dos conteúdos colaborativos de internautas. Apresenta também questões éticas sobre a conduta jornalística e três anexos com explicações de termos jurídicos, políticos e econômicos.

Os conceituados jornalistas Mariza Tavares, Álvaro Oliveira Filho e Júlio Lubianco, que palestraram sobre a publicação, honraram-me com cordiais dedicatórias: “Para o jornalista Paiva Netto, com carinho! Seja bem-vindo à aventura CBN. Mariza Tavares”; “Ao amigo Paiva Netto, um pouco do dia a dia da CBN. Espero que goste da leitura. Álvaro O. Filho. 08.11.11”; e “Ao jornalista Paiva Netto, um grande abraço, Júlio Lubianco”.

Gratíssimo.

Professora Jane Tutikian

Liliane Cardoso

Professora Jane Tutikian e as crianças da LBV

A Super Rede Boa Vontade de Comunicação, na quinta-feira, 10/11, recebeu em seu estúdio na Feira do Livro de Porto Alegre a patrona do evento, a ilustre professora Jane Tutikian, diretora do Instituto de Letras da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Na ocasião, um grupo de crianças do Coral Ecumênico Infantil Boa Vontade presenteou-a com uma estampa de São Francisco de Assis, Patrono da LBV e, segundo revelou, “Santo do seu coração”.

Jesus, o Profeta Divino

Vivian R. Ferreira

Fernando Sérgio.

Com grande satisfação informo que o meu livro Jesus, o Profeta Divino, em sua 6a edição, está também presente na Feira do Livro de Porto Alegre, até o dia 15. É o quarto volume de “O Apocalipse de Jesus para os Simples de Coração”, cujo objetivo é esclarecer e confortar.

Por sinal, aproveito para agradecer ao veterano radialista Fernando Sérgio, da Super Rádio Tupi, na capital fluminense, que, além de recomendar os livros de Chico Xavier e os meus a uma ouvinte que lhe solicitava indicações de títulos sobre Espiritualidade, declarou que estava lendo um dos meus trabalhos, os quais sempre lhe fazem bem.

José de Paiva Netto, escritor, jornalista, radialista, compositor e poeta. É diretor-presidente da Legião da Boa Vontade (LBV). Membro efetivo da Associação Brasileira de Imprensa (ABI) e da Associação Brasileira de Imprensa Internacional (ABI-Inter), é filiado à Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj), à International Federation of Journalists (IFJ), ao Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado do Rio de Janeiro, ao Sindicato dos Escritores do Rio de Janeiro, ao Sindicato dos Radialistas do Rio de Janeiro e à União Brasileira de Compositores (UBC). Integra também a Academia de Letras do Brasil Central. É autor de referência internacional na defesa dos direitos humanos e na conceituação da causa da Cidadania e da Espiritualidade Ecumênicas, que, segundo ele, constituem “o berço dos mais generosos valores que nascem da Alma, a morada das emoções e do raciocínio iluminado pela intuição, a ambiência que abrange tudo o que transcende ao campo comum da matéria e provém da sensibilidade humana sublimada, a exemplo da Verdade, da Justiça, da Misericórdia, da Ética, da Honestidade, da Generosidade, do Amor Fraterno. Em suma, a constante matemática que harmoniza a equação da existência espiritual, moral, mental e humana. Ora, sem esse saber de que existimos em dois planos, portanto não unicamente no físico, fica difícil alcançarmos a Sociedade realmente Solidária Altruística Ecumênica, porque continuaremos a ignorar que o conhecimento da Espiritualidade Superior eleva o caráter das criaturas e, por conseguinte, o direciona à construção da Cidadania Planetária”.