Desenvolvimento sustentável

Fonte: Jornal A Tribuna Regional, de Santo Ângelo/RS, edição de 15 e 16 de março de 2008, sábado e domingo.

A Legião da Boa Vontade cumprirá neste 19 de março, em Porto Alegre, a última etapa do II Fórum–Feira de Inovações Rede Sociedade Solidária, que teve início no dia 4, no Rio de Janeiro. Os debates ocorrem nas cidades de Belo Horizonte, Brasília, Manaus, São Paulo, Salvador, além de Buenos Aires, na Argentina. Essa série de encontros se propõe a discutir com a sociedade civil o tema “Desenvolvimento Sustentável”.

Presenças ilustres

No portal Boa Vontade (www.boavontade.com) constam outras informações sobre essa vitoriosa parceria das Nações Unidas com a LBV: “Representações oficiais da ONU participam do II Fórum–Feira, a exemplo da chefe adjunta da Seção de ONGs do UN/Desa, dra. Michele Billant-Fedoroff, e do diretor do UNIC-Rio, ONU/Brasil, o jornalista dr. Giancarlo Summa. O evento conta ainda com a participação do palestrante internacional Richard Jordan. Ele, que atua há 22 anos nas Nações Unidas, exerceu várias funções na Congo (Conferência de ONGs com status consultivo na ONU) e presidiu, em 2007, na sede do Organismo em Nova York, a 60a Conferência Anual do DPI (Departamento de Informações Públicas)/Sociedade Civil sobre Mudanças Climáticas”.

Diplomatas da ONU

Prossegue o portal: “O dr. Richard esteve na segunda-feira, 3 de março, no Centro Educacional, Cultural e Comunitário da LBV, na capital fluminense. Ele foi recebido calorosamente pelo Coral Ecumênico Infantojuvenil Boa Vontade, em seguida, visitou os diversos ambientes da escola da Obra, começando pela Sala Ecumênica de Orações, espaço destinado à meditação e aos momentos de prece dos alunos e de seus familiares. ‘Meu Deus!, por mais que a gente ouça falar na LBV, nada como conhecê-la pessoalmente, estar junto dessas crianças’, afirmou, visivelmente emocionado. O representante da ONU ficou encantado com o carinho dos pequeninos. ‘Todas as coisas que as Nações Unidas estão tentando fazer pelo mundo afora são demonstradas pela LBV aqui.’ Outro ponto salientado pelo visitante foi o ensino de excelência, fundamentado na Pedagogia do Cidadão Ecumênico, linha educacional preconizada por Paiva Netto e aplicada, com sucesso, nas unidades socioeducacionais da Instituição pelo Brasil e nas do Exterior. ‘A importância da Espiritualidade que a LBV utiliza em seus programas percebe-se pelo olhar da criança. Isso diz tudo. Nem preciso conhecer o restante dos andares para entender a beleza e a profundidade do trabalho da LBV. Parabéns ao seu diretor-presidente, por manter uma estrutura de tão boa qualidade para atender às populações carentes do Rio de Janeiro. Já viajei por mais de 50 países e o que encontrei aqui é o que se pode chamar do que seria o mais próximo do Reino de Deus, conforme ensina Jesus no Seu Evangelho’, comentou. Acerca da atuação social, o representante das Nações Unidas afiançou: ‘Se morasse aqui, certamente, seria um voluntário da Legião da Boa Vontade, todos os dias. Quem não gostaria de ser um voluntário da LBV?’ Mais adiante, reforçou: ‘As crianças da LBV deveriam ser os diplomatas da ONU’”.

Pronunciamento de abertura

Ainda no portal, podemos ler: “Já no último dia 4, o dr. Giancarlo Summa igualmente conheceu as atividades da LBV, do Rio de Janeiro. ‘O trabalho de vocês é fundamental para que as mães possam trabalhar. Desta forma, elas têm a possibilidade de mudar a realidade onde vivem’, destacou, depois de percorrer todos os ambientes. O representante da ONU no Brasil, aceitando o convite da LBV, fez o pronunciamento de abertura do II Fórum–Feira de Inovações Rede Sociedade Solidária: ‘Se não acabar com a fome e com a miséria, o 1o Objetivo do Milênio, os outros não poderão ser implementados. Quem defende os Direitos Humanos e não proporciona segurança viola a segurança da população e não faz o correto. Paiva Netto está corretíssimo quando afirma que, ‘se queres a Paz, prepara-te para a Paz’. Dignidade e Justiça para todos é o lema para comemorar os 60 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos, que perdura e diz respeito a toda a humanidade’. O dr. Summa ressaltou a iniciativa do encontro. ‘São muito importantes ações de Instituições como a LBV, que estão ativas para tentar reverter essa situação de pobreza’, complementou”.

Boa Vontade TV na SKY

A dra. Michele Billant-Fedoroff, passando por Manaus, onde cumpria agenda do II Fórum–Feira, acompanhou a inauguração da Boa Vontade TV, no canal 98 da SKY, que dirigi na terça-feira, 11/3, do Centro Educacional da LBV, no Rio de Janeiro, simultaneamente com o nosso Instituto de Educação em São Paulo. “Desejo muito sucesso nessa nova fase da Boa Vontade TV, porque ela leva educação à população brasileira”, destacou a nobre representante da ONU.

Solidariedade e esperança

Grato! E a todos transmito os meus votos de pleno êxito, pois esse II Fórum–Feira exemplifica bem a solidariedade de nosso povo, dando-nos a esperança de viver num mundo melhor.

José de Paiva Netto, escritor, jornalista, radialista, compositor e poeta. É diretor-presidente da Legião da Boa Vontade (LBV). Membro efetivo da Associação Brasileira de Imprensa (ABI) e da Associação Brasileira de Imprensa Internacional (ABI-Inter), é filiado à Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj), à International Federation of Journalists (IFJ), ao Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado do Rio de Janeiro, ao Sindicato dos Escritores do Rio de Janeiro, ao Sindicato dos Radialistas do Rio de Janeiro e à União Brasileira de Compositores (UBC). Integra também a Academia de Letras do Brasil Central. É autor de referência internacional na defesa dos direitos humanos e na conceituação da causa da Cidadania e da Espiritualidade Ecumênicas, que, segundo ele, constituem “o berço dos mais generosos valores que nascem da Alma, a morada das emoções e do raciocínio iluminado pela intuição, a ambiência que abrange tudo o que transcende ao campo comum da matéria e provém da sensibilidade humana sublimada, a exemplo da Verdade, da Justiça, da Misericórdia, da Ética, da Honestidade, da Generosidade, do Amor Fraterno. Em suma, a constante matemática que harmoniza a equação da existência espiritual, moral, mental e humana. Ora, sem esse saber de que existimos em dois planos, portanto não unicamente no físico, fica difícil alcançarmos a Sociedade realmente Solidária Altruística Ecumênica, porque continuaremos a ignorar que o conhecimento da Espiritualidade Superior eleva o caráter das criaturas e, por conseguinte, o direciona à construção da Cidadania Planetária”.