Professor iraniano parabeniza best-seller do escritor Paiva Netto

Ao ler o best-seller do escritor Paiva Netto Meditadoj el la Animoj [Reflexões da Alma]*, o professor do Irã que atualmente reside na Holanda, Said Baluĉi, presidente da Associação Holandesa de Esperanto, ficou impressionado com o conteúdo da obra e com a escrita ecumênica do autor.

Arquivo pessoal

Said Baluĉi

Após a leitura, fez questão de registrar sua opinião em forma de resenha que encaminhou ao Blog Paiva Netto na versão em esperanto. Anexa à resenha, em correspondência recente, afirmou que para ele "é uma honra divulgar os pensamentos muito instigantes e as descobertas do mestre Paiva Netto. Embora eu nunca o tenha visitado, sinto como se fosse seu irmão espiritual. Como diz o nosso mestre espiritual Rumi: 'Como a mesma e única luz do sol que se multiplica às centenas pelas diversas casas'".

+ Adquira o seu exemplar!

Confira a seguir trechos da resenha do professor Said:

"Nosso mundo é abundante de palavras bonitas. Porém, ações belas são poucas, e é ainda mais reduzido o número de pessoas que, fazendo o bem por si mesmos, fazem com que o bem seja praticado, de forma organizada, também por outras pessoas. Paiva Netto certamente é uma delas. Pessoalmente, admiro sua perseverança na promoção não somente do discurso das boas ações, mas também na transformação de boas palavras em ação, a exemplo da Legião da Boa Vontade (LBV).

"No seu meio e à sua mesma maneira, por meio de ações semelhantes, Paiva Netto procura encontrar caminhos para o verdadeiro entendimento entre os seres humanos. Por isso, com sabedoria e eficácia, faz uso do Esperanto, assim como também o apoia.

"A obra que é alicerçada em Cristo, é plena de termos cristãos, porém isto não incomoda a mim, um não-cristão, porque eu a vejo como uma contribuição cristã ao ecumenismo humano. O termo Ecumenismo é usado pelo autor de acordo com o seu significado original 'de escopo ou aplicabilidade mundial; universal'.

"Na verdade, muitas vezes Cristo, em seu livro, pode ser interpretado no sentido de Amor abrangente. Nós teríamos um mundo mais bonito se assim também o fosse em outras religiões.

"Outra característica marcante do livro é sua ênfase sobre a espiritualidade universal: o ser humano não é somente ventre e abdome; ele busca a eternidade por meio da intuição e da razão. Essa afirmação, numa época de domínio do pragmatismo e da tecnologia, eu considero corajosa e fruto de uma profunda crença no amor.

"Paiva Netto defende que a 'Face de Deus é o Amor. Quanto mais amamos, mais Ele se manifesta em nós'. Esse conceito me agrada. (...) Não faltam ao livro biografias suficientes sobre os nomes citados. Também foram escolhidas belíssimas obras de arte que embelezam ainda mais a boa edição da obra. Parabenizo o autor, o tradutor e os editores."

kborba

A obra

Reflexões da Alma reúne uma série de lições destinadas à promoção da verdadeira paz por meio da transformação individual e coletiva. O autor demonstra a transcendentalidade da política, da ciência, da religião, da economia, da arte, do esporte, da vida em sociedade, e se utiliza de oportunas citações de grandes personalidades mundiais que contribuíram para a evolução da Humanidade. O livro ajuda você a entender a natureza espiritual da vida e a perceber o papel que cada um de nós desempenha no universo.

______________________________________
*Depois do sucesso no Brasil (2003), em Portugal (2008), o livro Reflexões da Alma foi lançado pela Editora Elevação também na versão em Esperanto (2011) sob o título Meditadoj el la Animo. Em 2016, a obra foi publicada também em espanhol